Da janela do 4º andar


Lá de cima as notas da musica clássica não tinham muito impacto para a visão de um estrangeiro perdido em suas idéias, mas tinham um significado que eu ainda iria descobrir. Dizem que cada equação ou prova matemática é mais bem estruturada na companhia das partituras de Beethoven ou Chopin. A minha solidão, que era estranhamente bem vinda, me ajudava a apreciar mais a cada toque da música, imaginava a suavidade das mãos de cada exímio pianista se movendo entre as teclas havendo o contato somente no ponto justo e na força mais precisa que se pode imaginar. Os detalhes de cada som tocando fundo na sua alma. Se você não foi tocado por isso, esqueça, música clássica não é pra você, ou você não pertence à música clássica. Paciência. Tinha esquecido eu que a solidão faz bem sim, faz tão bem que a estranha sensação de medo ao estar debruçado prestes a cair da janela do quarto andar em Turim, tinha se esvaído ao escutar Fur Elise de Beethoven. Era como experimentar a liberdade de voar, era como viajar sem sair do lugar, mas o lugar que você está já é excitante. Escutar Atlantique Nord de Yann Tiersen do mesmo lugar era como pausar o mundo ou simplesmente ver tudo em câmera lenta. Um pequeno cruzamento, uma cadeia de simples prédios com não mais de cinco andares cada e apenas a ponta da Mole Antonelliana vista bem de longe, não pareciam um cenário estupendo daquela janela do quarto andar, mas ao fundo, bem ao fundo, eis que eles se faziam presentes, os Alpes. Eu carinhosamente os chamava de quintal de casa. Aquela estrutura rochosa presente o ano inteiro ao seu lado, bastando apenas abrir a janela, era como brindar a natureza ao acordar a cada dia. Era imponente, grande, e te fazia pensar que talvez a perfeição existisse traduzida na neve que escorria de cima a baixo naquelas montanhas. Foi quando olhei para baixo, escutando Mother’s Journey, também de Yann Tiersen, e vi que todos viviam suas vidas pacatas talvez sem dar-se conta que logo ali existia algo tão perfeito, tão perfeito quanto à música clássica.

Textos em Destaque
Mais recentes...
Arquivos
Tags
Siga-nos...
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

ENTRE EM CONTATO

© 2020 por Julio Lombaldo.