Cuida do Coração...

August 6, 2015

 

Quando eu li essa simples frase numa conversa que tive com uma grande amiga cerca de duas semanas atrás, instantaneamente fui tocado pela sua profundidade. Simples, não? Mais que apenas simples, para mim foi no alvo, na mosca.

Falávamos de uma possível viagem minha a Inglaterra, justamente onde ela mora agora. Usando o pretexto de explorar a rica e vasta cena musical inglesa, recheada de qualidades marcantes quando se trata de Blues Rock, eu mascarava a ideia principal de visitar o interior da Inglaterra parando de cidade em cidade e combinando o chá das cinco com o “pint” das onze. Falando, escutando, conversando, quem sabe até tocando e cantando, mas no fim que ao menos estivesse me encontrando, como pessoa. Queria viver a Inglaterra por pelo menos um mês. Foi ai que o típico pedido de estadia a amigos que moram no exterior, ainda muito fortemente aplicado por mim, foi feito e o sim de uma grande amiga tarda menos que uma fração de segundos.

Na cabeça dela já tinha montado até um pequeno plano, juntamente com seu namorado, do que fazer, onde ir, explorar, tudo na cidade onde mora à 40 km de Londres. Foi quando ela me perguntou como ia meu relacionamento. Confesso que quando termino um relacionamento, bem como fiz cerca de dois meses atrás, não saio contando a todos que terminamos e muito menos o que aconteceu. A minha resposta a espantou repentinamente. Após explicar como estava, o que havia ocorrido e por fim tudo que sentia em relação àquilo, deixei transparecer um desapontamento com as pessoas em geral, o que de certa forma considero muito errado. Disse que gostaria muito de descobrir como andam e para onde vão meus pensamentos a respeito de amor. Às vezes se precisa de um tempo, inclusive do amor e mesmo que tudo faça mal, mesmo querendo o fim, ainda dói. Afinal, se você pisa involuntariamente no pé de alguém e pede desculpa, por mais correto que seja, após seu pedido, o pé dela ainda doerá. Eis então que um tal substantivo abstrato (e como) chamado coração, precisava de um conserto imediato, reparado por tempo e distração, como se não pudesse tirar com a mão. Assim ela me disse, cuida do coração!

Please reload

Textos em Destaque

Fusca Azul 1979

November 16, 2016

1/10
Please reload

Mais recentes...

January 24, 2020

June 3, 2019

May 12, 2019

February 13, 2019

December 23, 2018

August 2, 2018

August 1, 2018

December 6, 2017

Please reload

Arquivos
Please reload

Tags